Meu perfume preferido

Conhecendo o seu perfume

Atualmente, devido à grande demanda de perfumes no mundo, a produção de muitas matérias primas naturais tornou-se insuficiente, aumentando o preço mesmo das matérias primas mais populares.

Muitas são compostos sintéticos, criados em laboratório, mas que apresentam os mesmos resultados das essências naturais.

‘’Para obter 1kg de essência de rosas, utilizam-se cerca de duas toneladas das pétalas da flor?’’

Criação

Mas não basta somente as essências, é preciso um profissional que saiba mesclar estes elementos com maestria: o Nariz ou Nez.

Para ser um Nez, é preciso uma memória olfativa qualificada e sensibilidade para aromas. Seu trabalho é como o de um alquimista, ou cozinheiro, juntando essências para produzir o mais perfeito perfume possível.

Assim, chega-se a uma fragrância.

O Perfumista deve, numa fragrância, administrar os aromas de cerca de 300 substâncias diferentes, que é a média das essências e aroma químicos (aromachemicals) de um perfume, hoje em dia. Para isso, tem à sua disposição, para escolha do aroma, aproximadamente 300 essências naturais e quase 2000 sintéticas, sendo que cada uma dessas essências tem seu próprio teor de evaporação e reação.

Composição

Um perfume, do gênero mais comercial, como o que comumente encontramos nas perfumarias, é composto por:

Água: Esta deve ser submetidas a deionização, para assegurar a ausência de partículas ou íons que podem vir a interferir no aroma.

Álcool: Deve ser álcool etílico, de máxima pureza e transparência total e submetido a filtros que asseguram a ausência de qualquer partícula. Constitui o suporte do perfume, devido a sua neutralidade, é o veículo condutor da fragrância.

Absoluto (ou Essência): É a concentração mais pura da matéria prima, ou seja, da flor, da madeira, de frutas, etc. Dentro da essência, há uma grande variedade de matérias primas naturais que podem ser usadas, tais como:

·         Flores:  rosa, jasmim, gardênia, gerânio, violeta, lírio, ylang ylang, etc.

·         Ervas aromá cas: tomilho, alecrim, menta, basílico, coriandro, etc.

·         Frutas cítricas:  cascas de limão, laranja, bergamota, tangerina, etc.

·         Madeiras:  cascas de árvores, raízes ou ramos, cedro, sândalo, canela, bétula, etc.

·         Folhas: patchouli, vetiver, etc.

·         Resinas: gálbano, benjoin, opoponax, mirra, incenso.

Além dessas principais, existem muitas outras.

Temos também, como já foi dito, as matérias primas sintéticas, que são criadas em laboratório.

Estruturas

Notas de Cabeça

É volátil, dura apenas alguns minutos, é a primeira impressão da fragrância, sua alma. Normalmente, aromas mais frescos, como os cítricos, que por natureza são mais voláteis, desprendem-se primeiro, no conjunto de um aroma.

Notas de Coração

É liberado em seguida e denota sua personalidade, é onde se encontram as principais essências, é o corpo da fragrância. Este é o cheiro que as pessoas mais vão sentir quando se aproximam de quem usa o perfume, por isso, para muitos, é considerado o mais importante.

Notas de fundo

É onde se encontram os elementos fixadores, que conferem peso, calor, e indicam o tempo de duração na pele. Normalmente são especiarias, resinas e madeiras que conferem esta capacidade, e que podem ser sentidos neste estágio da evaporação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: